Shloshim – Os Trinta Dias

 
índice
  Por Maurice Lamm
 

Computando o período de 30 dias – sheloshim

Os seguintes princípios são usados para contar o período de trinta dias:

1 – A contagem começa a partir da data do enterro, não na data da morte.
2 - Dias parciais são considerados dias inteiros (o mesmo que ocorre com a shivá)
3 – Sheloshim termina após os serviços matinais no 30 dia após o enterro.

O enlutado poderá viajar para o exterior a negócios. A mulher enlutada solteira estará proibida de usar cosméticos, mas a casada poderá usá-lo após os sete primeiros dias de luto e a solteira em idade de casar ou à recém-casada é permitido usá-lo, mesmo durante os sete primeiros dias de luto.
O enlutado poderá cumprimentar as pessoas normalmente, porém os outros não deverão cumprimentá-lo durante os trinta dias.
Não deverá receber presentes.
Não se usa roupas novas durante este período.

Determinadas leis de luto continuam após os sete dias, até o final dos primeiros trinta dias. Estas incluem a proibição de:

• Banhar-se, lavagem de roupas e vestir roupas recém-lavadas (sem que primeiro alguém as tenha vestido).
• Cortes de cabelo ou barbear para homens (mulheres podem cortar o cabelo após shiva).
• Cortar as unhas por intermédio de um utensílio.
• Casar-se.
• Comparecer a festas.
• Não se pode viajar para longe em viagens de negócios que tragam alegria à pessoa.
• Quando o luto é pelos pais da pessoa, existem restrições que se aplicam até o final de doze meses.
• Depois de sete dias, o enlutado pode calçar sapatos de couro, sentar-se normalmente em cadeiras, recomeçar as relações conjugais, voltar ao trabalho e recomeçar o estudo normal de Torá.
• Pode cumprimentar as pessoas, mas os outros não podem cumprimentá-lo. Se o fizerem, ele pode devolver o cumprimento
• Não pode comparecer a um casamento, ou a uma refeição de bar mitsvá ou brit-milá, ou qualquer celebração semelhante.
• Este período termina ao alvorecer da manhã do trigésimo dia.

 

 

 
   
top